sábado, 17 de setembro de 2011

Greve dos servidores das universidades federais deve acabar em 26 de setembro



Blog do Servidor Público Federal     -    17/09/2011




O comando nacional de greve da Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores das Universidades Brasileiras (Fasubra) decidiu em votação pelo fim da greve dos servidores técnico-administrativos das universidades federais no próximo dia 26. Após 110 dias de paralisação e sem resultados, a decisão precisa ser acatada pelos sindicatos de cada uma das 51 instituições de ensino.

O coordenador geral do Sindicato dos Trabalhadores da Fundação Universidade de Brasília (Sintfub), Mauro Mendes, confirmou a decisão da Fasubra e disse que a UnB deve optar pelo fim da greve. "Marcamos uma assembléia para terça-feira e lá ficará decidido se nós suspenderemos a greve", informa. Com a suspensão da greve, o Restaurante Universitário, o Hospital da Universidade de Brasília e todos os serviços de responsabilidade dos servidores técnicos voltarão à normalidade na segunda-feira (26/9).

A decisão de suspender a greve veio após reunião da Fasubra, em que o balanço das atividades considerou o insucesso da paralisação. "É um absurdo a falta de respostas, mas o governo só disse que negociaria com o fim da greve", conta Mauro Mendes.

Mesmo que todas as 51 universidades interrompam a paralisação, a Fasubra continuará se reunindo para desevolver novas atividades em busca de benefícios para a categoria. Os servidores querem o reajuste do piso de três salários mínimos e o atendimento de reivindicações discutidas desde 2007, como a racionalização dos cargos e o reposicionamento aos aposentados. Eles ainda pedem a abertura imediata de concursos públicos para substituir a mão de obra terceirizada nas áreas administrativas e nos hospitais universitários.


Fonte: Correio Braziliense



MAIS NOTÍCIAS...