sexta-feira, 13 de maio de 2016

Reajuste garantido para 1,1 milhão do governo federal


Alessandra Horto
O Dia     -     13/05/2016




O novo ministro do Planejamento, Romero Jucá, afirmou ontem que todos os 32 acordos firmados com o funcionalismo federal estão mantidos. “Vamos trabalhar pela aprovação desses projetos, porque pacto firmado tem de ser cumprido e governo tem de ter palavra”, afirmou o titular da pasta, após cerimônia de posse no Palácio do Planalto.

Serão beneficiados 1,1 milhão de servidores federais do Poder Executivo. O reajuste é de 10,8% em duas vezes: 5,5% em agosto deste ano e 5% em janeiro de 2017. O custo total é de R$ 5,3 bilhões neste ano. Os acordos vão beneficiar 90% dos 1,227 milhão de servidores da União.

O reajuste do funcionalismo está previsto na pauta da primeira reunião ministerial marcada para hoje, às 9h, com o presidente interino Michel Temer. Também serão abordadas reformas trabalhista e previdenciária.

As lideranças dos servidores federais atuam pela aprovação imediata dos projetos de lei que vão garantir o pagamento da correção salarial. São ao todo seis projetos que definirão formalmente os aumentos que já estão previstos no Orçamento deste ano. Para a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef), seria um retrocesso o novo governo não aprovar os acordos firmados em 2015.


Notícia Anterior
Próxima Notícia