terça-feira, 23 de maio de 2017

Auditores fiscais fazem operação padrão em alfândegas; greve é por tempo indeterminado


Radioagência Nacional     -     23/05/2017




Os auditores fiscais da Receita Federal paralisaram as atividades administrativas e de fiscalização e anunciaram operação padrão em postos da alfândega de todo o país.

De acordo com o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal, a greve, iniciada nessa segunda-feira (22), é por tempo indeterminado.

Segundo o vice-presidente do Sindicato, Luiz Henrique Franca, a liberação de cargas e passageiros nos principais portos e aeroportos pode sofrer com retenções e atrasos.

Os auditores exigem a votação da Medida Provisória 765, que reestrutura a carreira dos servidores públicos e institui o “bônus de eficiência” para auditores fiscais da Receita.

O prazo para ser aprovada no Congresso vence no dia 1º de junho. A MP, editada no dia 30 de dezembro do ano passado, foi aprovada pela Comissão Mista, mas precisa ainda passar pelo plenário da Câmara dos Deputados e, em seguida, pelo Senado.

Luiz Henrique Franca, demonstra preocupação com o prazo apertado e a possibilidade de a MP não ser votada.

De acordo com o governo federal, as mudanças trazidas pela MP alcançam 29 mil servidores ativos, 38 mil aposentados e pensionistas, com estimativa de impacto de R$ 3,7 bilhões já neste ano.

Procurada, a Receita Federal disse que não comentaria sobre o movimento grevista.


Notícia Anterior
Próxima Notícia