terça-feira, 8 de agosto de 2017

União estuda contratar por tempo determinado


BSPF     -     08/08/2017




Com objetivo de cortar gastos com a folha de pagamentos, o governo avalia a possibilidade de contratar servidores concursados por tempo determinado, disse ontem o ministro do Planejamento, Dyogo de Oliveira.

"A contratação por tempo determinado pode ser uma alternativa para áreas onde não faz sentido ter um servidor por 20, 30 anos", disse ontem Dyogo, no evento promovido pelo grupo empresarial Lide, em São Paulo.

A ideia, diz, é contratar por prazo limitado - por quatro, oito ou 12 anos, por exemplo.
"É um tema que está sendo estudado e acho ótima alternativa não só para o governo federal, mas para outros níveis de governo", disse ele.

Para conter as despesas com a folha, que cresceram 11,3% no primeiro semestre e comprometem as contas públicas, Oliveira já havia anunciado, há duas semanas, o lançamento de um programa de demissão voluntária, além de um plano para funcionários públicos reduzirem a jornada de trabalho, aceitando receber menos.

O ministro voltou a admitir que os reajustes de algumas categorias de servidores poderão ser postergados no ano que vem, para ajudar a contornar as restrições do Orçamento.

Crescimento neutro

O ministro afirmou ainda que a economia deve ter ficado estável no segundo trimestre, após crescimento de 1% nos primeiros três meses. Mas diz que vê melhoras no mercado de trabalho, na indústria e no comércio.

Fonte: Destak Jornal


Notícia Anterior
Próxima Notícia