Governo amplia em 870 cargos o banco de professor-equivalente dos institutos federais


BSPF     -     04/04/2018




Vagas para o magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico serão distribuídas entre 21 Ifes de todo o Brasil

O governo federal ampliou, nesta quarta-feira (04), o banco de professor-equivalente do magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico dos Institutos Federais de Educação (Ifes). Estas instituições contam agora com 870 novos cargos, conforme a Portaria Interministerial nº 60, publicada hoje no Diário Oficial da União (DOU) pelos ministérios do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) e Educação (MEC)

A medida tem impacto em 21 institutos federais espalhados pelo Brasil. Segundo a portaria interministerial, caso seja necessário os Ifes podem contratar temporariamente no máximo outros 174 professores-equivalentes. Estas contratações são adicionais ao quantitativo estabelecido hoje e podem ocorrer em casos de afastamento, por exemplo.

A portaria estabelece também que está autorizado o aumento no banco em 130 cargos de professores de magistério para o Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet-RJ); o Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG); e o Colégio Pedro II.

453 ADMINISTRATIVOS

Também foi publicada no DOU desta quarta-feira a Portaria Interministerial nº 61. A norma atualiza o quantitativo de cargos efetivos do Quadro de Lotação dos cargos de técnico-administrativo em educação dos Ifes. Ao todo, foram incluídos no quadro 453 cargos.

Já para o Cefet-RJ, Cefet-MG e Colégio Pedro II, a portaria interministerial estabelece a inclusão de 47 cargos técnico-administrativo em educação.

Fonte: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão


Compartilhe
Notícia Anterior
Próxima Notícia