Reforma ministerial à vista?


O Antagonista     -     15/12/2019




Apesar dos desmentidos do próprio Jair Bolsonaro, agora é a Folha que diz que ele vai começar 2020 fazendo uma reforma ministerial no governo.

Segundo o jornal, três nomes devem ser trocados: Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Abraham Weintraub (Educação) e Bento Albuquerque (Minas e Energia).

Pessoas próximas a Bolsonaro, diz a Folha, projetam que as mudanças no primeiro escalão devem ocorrer no fim de janeiro, antes da retomada das atividades do Congresso.

“As trocas devem ser graduais”, disse ao jornal um aliado de Bolsonaro.


Compartilhe
Notícia Anterior
Próxima Notícia