INCRA entra em greve a partir de amanhã e aumenta suspense na SPU


Ponto do Servidor - Freddy Charlson
Jornal de Brasília - 28/04/2010

Em assembleia, os servidores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) aprovaram a greve por tempo indeterminado a partir de amanhã. O estado de Goiás e o município de Marabá, no interior do Pará, já estão em greve, por exemplo. O setor reivindica a reestruturação da tabela salarial. Ao mesmo tempo, a cada dia cresce a adesão à greve na Secretaria do Patrimônio da União (SPU). Apesar do corte do ponto, confirmado na prévia do contracheque, os servidores lotados no Órgão Central e na Superintendência do Patrimônio da União no DF, decidiram intensificar a mobilização em busca do atendimento de suas reivindicações. Com a transferência da reunião de negociação para amanhã, o setor acompanhou reunião das Gerências de todo o Brasil no Hotel Saint Paul, que contou com a presença do secretário de Recursos Humanos, Duvanier Ferreira. Usando coletes com a inscrição “Servidores em Greve”, eles ocuparam o auditório em manifestação silenciosa.

Compartilhe
Notícia Anterior
Próxima Notícia