quarta-feira, 20 de junho de 2018

Secretário Chiba defende que a Gestão de Pessoas deve ser estratégica


BSPF     -     20/06/2018




Planejamento da força de trabalho e projetos estruturantes são importantes para melhorar o atendimento da população

O secretário de Gestão de Pessoas do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Augusto Chiba, defendeu, na manhã desta quarta-feira (20), que a Gestão de Pessoas deve ser planejada de forma estratégica e com projetos estruturantes no âmbito do governo federal. Chiba representou o Ministério na oficina do Banco Mundial sobre "Gestão de Pessoas e de Folha de Pagamento no setor público: desafios para o Brasil", em Brasília.

“Nosso problema é muito maior do que somente a gestão da folha de pagamento. Ela é uma consequência. Precisamos ter um planejamento muito criterioso para melhorar a Gestão de Pessoas e atendermos melhor à população”, afirmou Chiba. Segundo o secretário, existem atualmente 25 projetos em desenvolvimento na Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP/MP).

Um deles é o de Dimensionamento da Força de Trabalho. Esta ação – uma parceria com a Universidade de Brasília (UnB) – vai permitir melhorar a qualidade e eficiência do serviço público a partir da obtenção de informações mais seguras sobre a força de trabalho e as necessidades futuras, impactando assim nas autorizações para concursos públicos.

O uso da metodologia ainda diminuirá o tempo gasto para a análise da força de trabalho. Atualmente, esse estudo é realizado em dois anos. Com o novo modelo, ele será feito em três meses. O projeto, que neste momento está sendo customizado para cinco órgãos, deve gerar uma economia de R$ 40 milhões por ano nos próximos cinco anos.

Fonte: Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão


Notícia Anterior
Próxima Notícia