Tesouro pode parar



Rosana Hessel  e Juliana Braga
Correio Braziliense     -     18/07/2012




Servidores da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e da Controladoria Geral da União (CGU) realizaram um ato de protesto, na tarde de ontem, no Ministério da Fazenda.

Os manifestantes fizeram uma caminhada até a sala do secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, cobrar uma reunião com a categoria para tratar da campanha salarial de 2012.

 Os funcionários querem recuperar a perda salarial desde 2008, data da última negociação, que ultrapassa 20%, segundo o Sindicato Nacional dos Analistas e Técnicos de Finanças e Controle (Unacon Sindical).

Os manifestantes não conseguiram ser recebidos por Augustin. A categoria ameaça entrar em greve por tempo indeterminado, a partir de 13 de agosto, caso o governo não comece as discussões até 30 de julho.


Compartilhe
Notícia Anterior
Próxima Notícia