Enap lança Informe de Pessoal


BSPF     -     14/06/2018




O Informe de Pessoal foi lançado nesta quinta-feira (14), na Escola Nacional de Administração Pública (Enap), com apoio da Secretaria de Gestão de Pessoas do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) e da Universidade de Brasília (UnB). O estudo traz uma análise estatística dos dados sobre pessoal civil ativo do Poder Executivo Federal, agrupados em órgãos superiores, em cinco recortes: escolaridade; remuneração; cargos e funções, gênero; raça e cor.

A abertura do evento foi realizada pelo diretor de Educação Continuada da Enap, Paulo Marques, que enfatizou que para a Escola é uma honra colaborar com essa produção de informações. "A massa de servidores que forma o Governo Federal é muito grande, e isso torna difícil a análise, mas, felizmente, nós temos um sistema que permite essa agregação". De acordo com ele, "se colocar à disposição da sociedade como um todo é importante para pensar, refletir e construir alternativas na Gestão de Pessoal".

Em sua participação, o secretário de Gestão de Pessoas do MP, Augusto Chiba, relatou que "é satisfatório que o Informe de Pessoal esteja utilizando as informações disponibilizadas através do Painel Estatístico de Pessoal (PEP). Segundo ele, "quanto mais informações tivermos para poder tomar as decisões corretas, melhor". "Por isso estou aqui, para apoiar essa iniciativa da Enap", continuou.

Já o diretor de Pesquisa e Pós-Graduação Stricto Sensu da Enap, Fernando Filgueiras, afirmou que "a perspectiva é estender as análises disponíveis no Informe de Pessoal para outras estruturas de Estado, para que possamos compreender melhor a natureza e a estrutura do estado brasileiro e ser possível prover uma série de informações que sejam úteis e aplicáveis no campo da Gestão Pública". Para Fernando "é uma satisfação lançar esse produto, contar com esse conjunto de informações e nos colocar à disposição para poder avançar na produção de evidências a respeito da estrutura do estado brasileiro", concluiu.

Ao apresentar o conteúdo do Informe de Pessoal, o coordenador-geral de ciência de dados da Enap, Flávio Cireno, frisou que "esse é o começo de uma iniciativa que a Diretoria de Pesquisa da Escola tem feito para começarmos a estruturar informações estratégicas sobre o Governo Federal". De acordo com ele, o foco dos dados de pessoal é diferente de um painel tradicional. "A ideia é desenvolver uma questão mais analítica com relação à área de Pessoal, Organizações, Compras, Transferências Voluntárias e Orçamentos, a ideia é olhar o governo por dentro", relatou.

Dando continuidade à atividade, a coordenadora-geral de Pesquisa da Enap, Marizaura Camões, realizou um debate sobre os dados que estão disponíveis no Informe de Pessoal, de modo a observar além do que os dados apresentam.  Ressaltou que "a Enap já tem trabalhado nesse levantando de informação sobre dados do Governo Federal, mas centralizando principalmente nas bases do Sistema Integrado de Administração de Pessoal (Siape), e esse trabalho traz um avanço significativo".

"É muito bom estar aqui porque não tenho que convencer a ninguém a respeito da importância do tema". Foi por meio dessa frase que o especialista do Setor Público do Banco Mundial, Daniel Ortega Nieto, iniciou a sua participação no evento. Para Daniel, "é importante ressaltar a relevância do portal, pela quantidade de informação disponível". Sobre o Informe de Pessoal, afirmou que "os gráficos nos dão uma boa ideia do que podemos fazer, como pensar políticas públicas", concluiu.

No encerramento, Fernando Filgueiras afirmou que o debate foi instigante. Para ele, "pensar melhorias no campo do setor público é fundamental", complementou.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Enap


Compartilhe
Notícia Anterior
Próxima Notícia